quarta-feira, 17 de novembro de 2010

COMO ESTOU



Nem sei quem sou apenas vivo
Meus pensamentos percorre o
Mais profundo do meu ser, assim
Vou indo à tua procura sem saber
Como, nem onde estás! Sinto doer,
Meu peito sangra de saudades de
Nosso Amor!
Nem sei mais dos meus sonhos
Que tanto quis pra mim e pra ti
Me perdi no egoísmo humano
Deixei o amor de lado! E choro
Meus sonhos , eram lindos como
Como só nosso amor podia ser
Meu coração coitado, chora amor,
Meus olhos não cessão de olhar
O caminho que sempre me veria
São longos meus dias
Minhas mão tremem
Meus lábios sentem
O sabor dos beijos
Que não tenho mais


Menduina

Um comentário:

Insana disse...

Delirante

bjs
Insana