sábado, 21 de agosto de 2010

A DANÇA


Dancei a dança do amor ardente
Me perdi nos braços do meu amor
Colei meu rosto no dele, e assim
Fechei os olhos, esqueci de tudo
Minhas pernas tocando nas dele
Me fez tremer, apertei sua mão
Senti o calor da sua! Ah! O amor
Enlouquecia no frenesi, da pele
Dele tocando a minha, era como
Se naquele momento, ali, só eu
E ele existíssemos ofegantes e
Naquela paixão nos entregamos
Fora dali... a tudo, depreendidos
Apenas nós; naquela paixão, só
Pedíamos que o mundo parasse
E que o amor perdurasse para
SEMPRE ASSIM!!!

2 comentários:

freixo disse...

muito linda,como sepre cada vez mais se superando



um dia vou ter um amor assim

Insana disse...

Na dança do Amor. a musica vem das trocas de olhares.

bjs
Insana