terça-feira, 17 de agosto de 2010

MEU GRITO

Meu grito ecoa mundo afora
Não me ouves, choro!
Meu recado mando pelo vento
Pelo tempo não respondes...
Ando pela praia a tua procura
Minhas pegadas não encontras
A saudade é grande!
Sou a face do amor sentido
Sinto o cheiro do beijo, sim
Meus lábios amam!
Quando minhas mão entrelaçam
Nas tuas, ah! Esta segurança tu
Transmites eu sei!
Ai sei que vieste me conter com
Teu amor que queima minha dor
Fito teus olhos!
Meu grito se torna um sussurro
De amor eterno!!

Poetisa Menduina
 

3 comentários:

Insana disse...

Um grito é sempre um grito de dor ou de alegria o som vai lenge.

bjs
Insana

Blog da Joaninha disse...

Lindo Poema, Chiquinha adorei!!! bjsss minha amiga!!!

Loivarice disse...

Obrigada por seguir meu blog, espiando por aqui descobri um blog maravilhoso, vou seguir também... bj de luz