quinta-feira, 15 de setembro de 2011

FOLHAS NO CHÃO


Desprendida de todos os pudores
fui correndo ao teu encontro....
Te esperei tanto! Chorei, sentei
aos pé das árvores, na certeza
da tua chegada! Te avistei ao
longe! Tu correndo ao meu
encontro de braços abertos
já sem camisa, sorri feliz
me entregando toda pra ti,
tiraste minhas roupas com
loucura tomaste-me nos teus
braços nos jogamos no chão
as folhas foram nosso ninho
tuas mãos percorreram todo
meu corpo, tua boca seguia
beijando-me começando... ah!
beijos de desejo, tua língua
tirou de mim o liquido vaginal
como só tu sabes fazer, me levou
ao céu, vir-me-ei inebriada e já
dentro de ti na ânsia dos teus
desejos cavalguei por cima
te entregaste amor como só
quem ama sabe, segui nossos
desejos no ápice daquela linda
e doce loucura, olhaste minha
boca, chamando-a pra ti, não
contive te beijei todo, descendo
teu peito..mais em baixo ereto
teu órgão sexual da minha paixão
me chamava, te suguei no vai e
vem e tu segurando meus cabelos
num gozo gritante só teu, olhamos
pro céu a única testemunha deste
lindo perfeito amor entre
as folhas de verão!

MENDUIÑA

2 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema belo e sensual, uma entrega total ao amor.Beijos

http://ventosnaprimavera.blogspot.com

helio.rocca disse...

Belo este poema, Chiquinha. Você com seus versos muito me encata. Quero te enviar um e-mail. helio.rocca@yahoo.com.br
Marco