sábado, 17 de abril de 2010

2 comentários:

Antônio Lídio Gomes disse...

oi linda!
estou te acompanhando melhor agora que tua janela aparece em meu blog.
gostei do poema, e gosto do teu jeito de escrever.
meu abraço, bjs de teu leitor.

Antônio Lídio Gomes disse...

DEIXE-ME OUTRO DIA MENOS HOJE

Se você está pensando em deixar-me
por favor eu quero lhe pedir:
Deixe-me outro dia sim,
porém hoje não
Tanto tempo nós ficamos separados
e hoje eu vim lhe dar meu coração.
Deixe-me outro dia sim porém hoje não
Tantas vezes eu chorei de tristeza
tudo enfim

Só pensando em você,
eu não pensava em mim
E distante o meu amor,
foi crescendo sem saber
Que um dia de repente
eu ia lhe perder
Se você ainda pensa em deixar-me
por favor
eu quero lhe pedir:
Deixe-me outro dia sim porém hoje não

Tantas vezes eu chorei de tristeza
tudo enfim
Só pensando em você,
eu não pensava em mim
E distante o meu amor,
foi crescendo sem saber
Que um dia de repente
eu ia lhe perder
Se você ainda pensa
em deixar-me
por favor
eu quero lhe pedir:
Deixe-me outro dia sim
porém hoje não