quarta-feira, 28 de abril de 2010

ME APERTE


Me aperte forte com toda força,
Me segure o mais que puder e
Se eu me perder de ti, procure
Estarei entre as estrelas, ou no
Alto das montanhas!!
Procure-me perto do mar, vá!
Se não estiver, estou procurando
A lua cheia com seus encantos
Me Aperte!
Meus beijos ainda são teus, sim
Meu coração chora de saudades
De ti, minhas pernas tremem só
Em pensar em ti!
Procure-me na beira do rio negro
Ou sentada numa estrada qualquer
Me Aperte!
Tranqüilize meu coração solitário
Estou perdida, me encontre antes
Que eu morra de saudades do teu
Beijos na minha boca!!!

Poetisa Menduina

2 comentários:

Vozes de Minha Alma disse...

Ahh Francisca, esses teus poemas adocicados...
Tu diz que escrevo bem?
que nada, mas tu sim, é uma exímia poetisa, por isso sou teu fã de carteirinha.
Bjs e bjs de tue leitor.

eva maria disse...

OLÁ !!LINDO TEXTO !!!BELO POEMA!FALAS COM UMA EMOÇÃO SENSUALÍSSIMA!!!BEIJO AFETUOSO!PARABÉNS!