domingo, 31 de janeiro de 2010

Meu Pedido de Socorro


O lado da cama vazia te espera
Aceita o chamado do meu coração
Atende este clamor sem pudor me tenha
Minha boca quer sufocar a tua


Me socorre, vem!


Meu corpo sente sede de amor escolhi
A ti, min’alma percorre lugares
Onde possa está, vem me acolhe
Mata esta sede queimando meu corpo


Me socorre, amor!


Faz-me voltar à vida te quero assim
Sinto meu corpo colado ao teu suando,
De tanto prazer sentido e me perco
No mar desta loucura povoando os meus
Pensamentos mais impuros e enlouqueço,


Me socorre, me tenha!


Beije meu corpo como se nada mais existisse
Enlaça tuas pernas nas minhas me deixa louca
Me traz de volta ao amor e faz-me reviver por favor
Ascende a luz do meu coração, entra , te dou!


Me socorre, te quero!
Junto a mim AMOR


Um comentário:

Antônio Lídio Gomes disse...

AMIGA POETISA, JÁ ESTOU TE SEGUINDO.
ESTÁ TUDO LINDO E COM SEU JEITO.
PARABÉNS PELO LINDO POEMA, E VOLTE LÁ EM MEU BLOG E COMENTE SOBRE O MOÇO NEÓFITO.
BJS E UM ABRAÇO.