quinta-feira, 25 de março de 2010

Um comentário:

Eriem F disse...

A dança nos conduz por caminhos mágicos, onde a realidade perde espaço para a fantasia e os sonhos criam asas. Belo poema Chiquinha. Meu beijo!