quinta-feira, 25 de março de 2010

Quem Sou Eu



  • Quem sou nem sei, apenas
  • Que sou uma navegante do
  • Amor, sou os pássaros que
  • Voam pelas florestas, assim
  • As ondas do mar manso,
  • Sou quem pisa nas areias da
  • Praia deixando pegadas sim,
  • Sou aquela que sorri depois
  • Dos beijos dados e do amor,
  • Mais perfeito feito contigo,
  • Sou a flor perfumada do teu
  • Jardim, sou a imperfeita, mais
  • Perfeita na hora de te amar!
  • Sou aquela que te ama, e te
  • Acalenta na hora da dor do
  • Amor mais sublime, sou eu!
  • Sou teu enigma, teu canto
  • Te quero assim, vem pra
  • Mim, sou teu amor mais
  • Ardente, sou tua dor, assim!
  •  
  • Poetisa Menduina

3 comentários:

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Minha querida, vim de outras bandas, e de outros mares, mas cai aqui no seu espaço, com amizade sincera. Pois pelo seu comentário vi, que é mais uma a quem a vida está dando duras provas, mas há que ter uma pontinha de fé, pois se ela é a ultima que morre por algum motivo é. Ela e a tal esperança estão cá para nos ajudar a ter costas e ombros bem fortes, para que nossos fardos se tornem suportáveis, fé no nosso poder superior, e nele nada será impossivél.
Beijos de luz e paz em seu coração

Antônio Lídio Gomes disse...

Minha querida amiga Menduiña, meu coração está contigo, e pode crer que com a menina também!
Estimo melhoras, bjs n'alma.

marilia disse...

Minha doce e meiga amiga, que beleza esta seu Blog.rs
Nunca imaginei que fosse lindo assim
Sua dedicação é visivel, sua sensibilidade
com as palavras, sua intimidade com as letras, estão fazendo deste lugar, um jardim "suspenso"..Algo expressivo e Azul rs
Ta muito bonito e acochegante este cantinho rs
Amei minha querida . Beijos e felicidades sempre amiga.