quinta-feira, 4 de março de 2010

VIDA VIDA



Viver sem ti não tem sentido
Colho flores para te ofertar
Meu viver a ti ofereço
Me dê a mão!
Ande comigo atraque no
Meu coração, com força
Meus olhos nos teus e
Me siga !
Andaremos por aí a sorri
Faceiros mostrando tudo
Que somos e viveremos
Me ame!
Este amor sublime, lindo
Jubilosos seremos assim
Felizes cantamos o canto
Do amor!!!

Poetisa Menduina

3 comentários:

Carlos disse...

muito lindo. DEMAISSSSSS!!!!!

Antônio Lídio Gomes disse...

Francisca, quero dedicar a ti esse poema:

Leio teus sonetos e aqui me deleito;
Ao ler teus versos, leio como preces.
No amargor da vida uma trama teces
Em teus mistérios em teu sincero jeito

Inspirações escondidas em teu coração
Vão aflorando em discreta beleza.
Suspiro, absorto, com cabal certeza.
Vagueando, aportam em minha direção.

Vestes a poesia em teu corpo de mulher
Banha-te nas águas do cristalino lago
Embebido na essência do jasmim.

Teu rosto enigmático, taciturno e belo,
Adentra aos olhos até tocar minh’alma.
Vivo o porvir, teus poemas vem a mim.

MUITA PAZ, BEIJOS E UM ABRAÇO, DESEJOSO DE QUE ESTEJA TUDO NA MAIS PERFEITA PAZ.

Eriem F disse...

Olá poetisa e querida amiga, teus versos sáo a expressáo de um amor terno e verdadeiro descritos com maestria e paixáo. Deixo-te meu beijo!